.Mallu Mulher.

Outubro 20, 2010

A cantora Mallu Magalhães, mais linda do que nunca, em foto (muito bem vestida) para a edição de outubro da revista Playboy

Marcelo Camelo e Mallu Magalhães passaram pelo programa de rádio na Oi FM durante a SPFW antes de conferirmos o desfile da Colcci com La Bündchen. Por lá, o cantor carioca mostrou seus protetores auriculares de oncinha, e Mallu circulou com um vestido feito por ela mesma. E não é que a moça leva jeito!?

Nos últimos 13 anos, Marcelo Camelo traduz o amor em música para uma geração sedenta por bons compositores. Integrante da banda Los Hermanos, idolatrado por uma legião de fãs, prestes a lançar o segundo disco solo, ele fala sobre a saudade dos antigos companheiros, anuncia dois shows da velha banda ainda esse ano, comenta sua experiência com unhas postiças, o amor por Bon Jovi, a pianista Guiomar Novaes, e pela cantora Mallu Magalhães. A entrevista completa você confere na TRIP desse mês, ou aqui.

Mallu na TPM

Fevereiro 9, 2010

Mallu Magalhães lindona e madura na capa da revista TPM desse mês.

Sobre o começo do namoro com Camelo:

“As pessoas reagiam com um ódio que eu não conseguia entender de onde vinha”, diz. “Fui xingada como se tivesse cometido um crime. De andar na calçada e as pessoas gritarem de dentro do carro: ‘Vagabunda!’. Em restaurantes, sempre aparecia gente zoando. E você lá, comendo com o seu namorado, conversando de coisas simples, como o gato que está com a pata machucada, tinha que levantar e ir comer em outro lugar.”

Mais? Aqui.

Um leão e um camelo

Novembro 17, 2008

mallu1


Hoje finalmente sai o primeiro disco de Mallu Magalhães. A garota bateu um papo comigo sobre seu ano como cantora-cantora, cantora-estudante, cantora-namorada, namorada de cantor. O balanço você só lê na revista da Gol do mês que vem. Aqui, um aperitivo. Olha só:

No show do festival Coquetel Molotov, em Recife, você subiu ao palco com Marcelo Camelo para cantar a música “Janta” que gravaram em conjunto para o projeto solo do cantor. Nessa noite, o público berrava seu nome e a novíssima canção, em coro. E você não parava de chorar. Tomou um susto com a reação do povo?
Não, aquilo era amor transbordando do meu corpo. Era sentimento puro que havia entre nós naquele momento, e eu resolvi que não iria segurar, que tinha que deixar fluir e dividir com aquelas pessoas.

Entre você e o público ou entre você e o Marcelo?
Entre eu e o Marcelo.

Quem é o profissional que você mais admira na música brasileira hoje?
Ah…O Marcelo (Camelo), né!

Você está loucamente apaixonada?
Loucamente apaixonada.

Mallu – Gravação do DVD

Outubro 10, 2008


Mallu Magalhães caprichou na gravata borboleta e na cartola para a gravação do DVD que aconteceu essa semana no Na Mata Café em São Paulo. O público teve que esperar mais de uma hora – ao som de muito Dylan, claro – para conferir o show, mas a simpatia da jovem cantora afastou qualquer vestígio de reclamação. Na platéia, um mix de público curioso. Família, amigos dos pais, adolescentes de todos os tipos (loirinhos de dread, meninos de boné e franja caprichada cantarolavam tchubaruba ao lado de meninas bem nascidas). Na fila, uma senhora que parecia ser amiga da família comentava: “ Quem diria que iríamos a um show da Malluzinha, hein amor!”. No palco, a cantora – muito mais segura do que no primeiro show solo da carreira, no Milo Garage – mandou hits, canções inéditas e a tradicional cover de Mr. Cash. Rolou até um momento ballet e um pedido de desculpas por não poder receber o público após a gravação. Confira nos vídeos abaixo.

Ballet:

Pedido de desculpas:

+ Show:


Na bateria, a ilustração da capa do CD


Mallu descabelada


De cartola e gravata borboleta


Setlist do show


Mallu Magalhães. O fenômeno do ano não levou nada.

Depois de dois anos de apresentações mornas, o VMB 2008 bem que tentou dar a volta por cima. Convidou duas atrações internacionais de respeito – Ben Harper e Bloc Party (?) – mas esqueceu que nem tudo depende da produção. A noite teve muita vergonha alheia (Lamentável Bloc Party…Lamentável…), mas é bom dizer, que há tempos um roteiro da premiação não era tão divertido. Ponto para a MTV e parabéns para Flávia Boggio, a escriba responsável.

O melhor do VMB:

Crew Dança do Quadrado – Do alto do meu 1,80m, nunca vi um anão tão pequeno e tão simpático

Joelma e Chimbinha – Ta pensando que é fácil segurar decotão, saltão, cabelão a la Calypso no planeta NX0?

Ben Harper – Tocou (mesmo, sem playback) com a ótima banda e a amiga Vanessa da Mata, e ainda salvou – com elegância – uma fotógrafa atrapalhada no empurra-empurra da sala de imprensa. Saiu aplaudido.

Fresno e Chitãozinho & Xororó – Enquanto o filho faz moicano pra ficar “muderno”, o pai sobre no palco e faz rock and roll com roupa fina de rodeio e apavora.

MariMoon – Enquanto uma multidão de artistas e pseudo famosos se aglomeravam na entrada da sala VIP da festa, a VJ papeava tranqüilamente com amigos entre os pobres mortais

César Cielo – Depois de morder a medalha de ouro 5 vezes para os fotógrafos o cara ainda perguntou se todos tinham conseguido o click que queriam. Ouro pra ele.


Marcelo Adnet – Brilhou sem precisar ficar pelado

Vergonha alheia:

Bloc Party – Agora é esperar o show do Planeta Terra. Medo.
Festa na Pacha – Manifesto pela volta da tenda no estacionamento já!
Banda do Júnior – O nome da banda é Nove Mil Anjos. Basta.

Bonde do Rolê – A vocalista Ana deve ter urticária nas partes íntimas. Alguém ajuda, please. Saudade de Marina Vello.

Modelitos

A criatividade estava em baixa. Quem não foi de preto estava de tomara-que-caia claro e curtinho.

Mallu Magalhães estava linda de sapatilha de bailarina (uma de cada cor) e tomara que caia com saia rodada. Ainda não acredito que ela perdeu o prêmio revelação do ano para o Strike. Vai entender…

A cantora Maria Rita também estava no clima princesinha com vestido tomara-que-caia prata e saia rodada de tule e brilho.

Acaba a bunda, acaba o vestido. Era basicamente assim o modelo de Penélope Nova. Haja academia!

Sandy Lima Lima, estava com a pele boa e…olha só! Tomara-que-caia cinza curtinho.

E a VJ Sophia Reis….Palpites para o modelito? Opa! Olha ele aí novamente.

E na turma do preto…

Pitty, claro, de tomara-que-caia

Alice Braga – O preto mais bonito da noite. Justíssimo ao corpo e mangas bufantes em camadas

A Vj Kika – Saia de tule rodada com brilho

Adriane Galisteu – Preto.Também. Mais um.

Original, correta e alegre, só mesmo Marina Person e seu Balenciaga colorido.

E para quem acha que sala de imprensa em premiação é glamour…

Ok..Ok…Tinha um Brie delicioso. Mas o banheiro era químico.

Lista dos vencedores, aqui.

Priceless

Setembro 20, 2008

E é tão bom quando alguém te faz arrepiar…

Mallu Magalhães e Marcelo Camelo no Coquetel Molotov - Recife.


Imagens do querido Bruno Granato

Camelo e os Hurtmold


É o amooooorrrr…

Mallu Magalhães , que anda sorridente como nunca, fará um show especial no Na Mata Café para a gravação de seu primeiro DVD. A apresentação acontece no dia 7 de outubro, às 21h.

Os primeiros 100 ingressos serão vendidos a um preço especial – 30 reais. Então, se você for fã, corra pra lá no dia 17 de setembro. Horário da venda: 18:30 – 23:00h.

O Na Mata Café fica na Rua da Mata, 70 – Itaim Bibi – SP
Informações: (11) 3079-0300 www. namata. com. br e namata@namata.com.br

Quem sabe não rola uma canja do Vanguart…

As novas da Mallu

Agosto 14, 2008

Depois de ser convidada pelo hermano Marcelo Camelo para gravar uma participação especial em seu trabalho solo – voz e violão na música Janta – a pequena notável Mallu Magalhães ficou enfurnada no Estúdio AR no Rio de Janeiro para gravar seu CD. Mal terminou o primeiro trabalho, a dona do abraço mais aconchegante da cena musical paulistana já disponibilizou duas faixas novinhas na internet.

As músicas são: O herói o marginal e Happy song. Corre pro Myspace.


Mallu e seu chapéu da nova coleção da Maria Bonita. Empresta?

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 30 outros seguidores