moda
Deixe um Comentário

Ronaldo Fraga e Pina Bausch

Foi inspirado na primeira cena que viu de um espetáculo de Pina Bausch, que Ronaldo Fraga criou seu inverno 2010. A peça era “Cravos”, baseada na ditadura sul-americana, e a imagem de uma bailarina que caminhava entre as flores não lhe saiu da cabeça. O estranhamento de seu trabalho e a curiosidade por temas como infância e luto, combinaram com o trabalho do estilista, que da mesma forma que a coreógrafa, trata de inverter, transformar, provocar. Na passarela, uma dançarina do grupo O Corpo encantou com um número solo, e logo em seguida, mulheres com cabelos sobre a face, e mácaras na parte porterior da cabeça, fizeram a platéia ajustar o olhar para tentar entender aquelas criaturas, como a artista alemã fazia quando coreografava. Os looks brincavam com a idéia do estranhamento, com a vontade de virar do avesso, cortar, mudar as formas, sobrepor. Um show do mais artista dos estilistas brasileiros, que em meio a sacos de lixo recortados, papéis de bala costurados e trilha que misturava Caetano (outro admirador de Pina), tango, bolero e frevo de carnaval. Destaque para os sapatos oxford.

Confira o vídeo do momento final do desfile. Ronaldo Fraga aplaudido de pé:

Marcos Costa comenta as cabeças que preparou para o inverno de Ronaldo Fraga:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s