Uncategorized
Deixe um Comentário

Amapô – Hype do mendigo

Falsa miséria. Foi inspirado nos restos, no cubismo, nos trapos, no lixo, na rua que a Amapô montou o guarda roupa de seu inverno 2010. Pauperismo, trapismo, homeless people….Será que pega? Na sala de desfile parece que pegou. A primeira fila, lotada dos amigos da marca, adorou e aplaudiu de pé ao gritos. E o resto se divertiu com as peças, com a entrada de Fernanda Lima e com a trilha sonora que incluia Rage Against the Machine, e não deixou ninguém parado. Na passarela, tecidos com estampa de jornal, ou de tecidos com resto de tinta, como se tivessem sido usados para limpar pincel, calças clochard bem amplas, tachas coloridas e botas de cano muito alto. A brincadeira aparecia também nas mangas longas, que faziam as vezes de cinto e deixavam o visual bem despojado.

Pitty Taliani e Carolina Gold comentam sobre a coleção inverno 2010 Amapô:

Dj Edu Corelli comenta sobre a trilha do desfile:


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s