Uncategorized
Deixe um Comentário

Dylan, o pintor

Durante um período de estrada, de 1989 a 1992 Bob Dylan começou uma série de pinturas que fecham o ciclo de sua evolução como artista longe da música. The Drawn Blank Series and testament mostram seu caminho iniciado com desenhos, trabalhos em papel, e finalmente, em tela.

“I just draw what’s interesting to me, and then I paint it. Rows of houses, orchard acres, lines of tree trunks, could be anything. I can take a bowl of fruit and turn it into a life and death drama. Women are power figures, so I depict them that way. I can find people to paint in mobile home communities. I could paint bourgeois people too.

I’m not trying to make social comment or fulfil somebody’s vision and I can find subject matter anywhere. I guess in some way that comes out of the folk world that I came up in.” Bob Dylan

Os trabalhos podem ser conferidos na Halcyon Gallery, de 13 de fevereiro a 10 de abril, em Londres.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s